24 de out de 2007

Salto


É como se sua mão viesse tocar a minha
e
de repente
Sua mão fosse a minha, o que era meu
Não era mais mão
Nem então, por seguir esse rumo
Ser meu

Se
E
Enquanto


Acha que pode
Dizer cada vez mais
Um se

Abale o oco do sino
E desperte a ti

Se

Puderes tocar minha mão