7 de jun de 2009

do peito do pé dum palco

atirei o pedro no palco
mesmo com o pé não preto
atirei o pedro
retirei o choro
coloquei o público
e atirei o pé do pedro no palco

só riram os que sorriram
choraram os que não viram
morreram os que viviam
beijavam e devaneciam

do pé do pedro veio o devaneio
devaneou-se devaneou devanei
o
bem do peito do pé dum palco