29 de dez de 2011

VIII

O medo que move
O marco que morde
A ameaça que ameniza

Um sonho sujo
De vermelho vinho
Desejo e cobiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário