24 de out de 2011

Poema do Recalcado

Em mim, uma parte
sem delongas, ataca em poesia

Como sou e quanto falo
outra se alonga, proseia sem rimas

Se couber numa cadência,
deve ser que música vira

Porém há a que se cala
E em fantasia ou recalcada
é qual de mim mais fala

Nenhum comentário:

Postar um comentário