17 de ago de 2010

poemas pequenos

poemas pequenos são como beliscar os braços de uma moça
o sorriso vem, não os beijos


mas fica a graça

Nenhum comentário:

Postar um comentário